segunda-feira, 15 de junho de 2020

Um livro, um filme...


No âmbito do estudo do texto narrativo, no 2º período, a turma 8ºB deslocou-se à Biblioteca para visionar A vida de Pi, de Ang Lee, um filme laureado com 4 Óscares, baseado no livro de Yann Martel, vencedor do Booker Prize, publicado em mais de 40 países.

Síntese:
Pi, muito gozado pelas outras crianças por causa do seu nome, acabou por ser a lenda da sua escola. Cresceu num Jardim Zoológico na Índia e gostava muito de animais. A família tinha problemas financeiros e o pai decidiu que iriam para outro continente, onde venderiam todos os animais. Pi não queria fazer aquela viagem porque tinha conhecido uma rapariga...
Nessa noite, no meio de uma enorme tempestade, foi para a parte da frente do navio desafiar os deuses. O barco naufragou. Pi tentou ajudar a família, mas não conseguiu e entrou num bote salva-vidas.
No dia seguinte, viu que não estava sozinho: a bordo estavam um orangotango, uma zebra, uma hiena (que acabou por matar os outros dois animais) e um tigre, que comeu a hiena. Os primeiros dias foram muito complicados, pois o tigre queria atacá-lo, mas Pi acabou por dominá-lo.
Passado muito tempo, encontrou uma ilha, o que o motivou a não desistir. Pi aproveitou para descansar um pouco e o tigre foi caçar alguns dos muitos suricatas que a povoavam.
Depois de abandonar a ilha, Pi persistiu na sua viagem até que conseguiu chegar à costa, depois de 227 longos dias no mar, acabando por desmaiar na praia. Estava a ser ajudado por dois habitantes quando acordou e viu que o tigre ia em direção à floresta, acabando por desaparecer.
Levaram-no para o hospital e quando lhe perguntaram o que se tinha passado, ele contou a história extraordinária que viveu com o tigre, na qual ninguém acreditou, acabando por contá-la de novo, substituindo os animais pela sua família e pelo cozinheiro do navio.
                                                                                                       Fábio Oliveira, 8ºB

Opinião:
Eu gostei mesmo deste filme, que me marcou muito, porque nos dá uma lição de vida e de sobrevivência: diz-nos para nunca desistirmos e lutarmos sempre, e a história de Pi é incrível!
                                                                                                     Afonso Aleixo, 8º B

Sem comentários:

Publicar um comentário